C.Vale

Notícias

10/08/2012 | Multiplicação desordenada de formigas ameaça plantações

A infestação de formigas é um problema que, se não for combatido, pode causar prejuízos significativos aos agricultores. De acordo com o supervisor agronômico da C.Vale, Enoir Pellizzaro, é grande a quantidade de ninhos do inseto nas lavouras. As espécies responsáveis pelos ataques são a saúva e a quenquém, que têm o hábito de cortar plantas à noite. Apesar de os ataques serem mais facilmente observados nas plantações, o produtor deve controlar as formigas cortadeiras em pastagens, hortas, beiras de rios e em áreas de matas. “As formigas têm uma facilidade muito grande de construírem seus ninhos e se multiplicarem no meio das lavouras. Além disso, elas fazem uma desfolha bastante grande, semelhante às lagartas que atacam as culturas de milho e soja”, afirma.
O supervisor agronômico recomenda o uso de iscas para combater o inseto. “É um método bastante eficaz, porém, o produtor deve ter muito cuidado com a manipulação deste produto. As iscas não podem ser armazenadas com outros defensivos, nem ser tocadas com a mão, pois podem deixar de ser atrativas para as formigas.” No caso de o produtor optar por inseticida em pó, a aplicação deve ser feita com o auxílio de insufladores.
Pellizzaro diz que o sucesso no controle das formigas depende da ação conjunta dos produtores. “Se um produtor não controla, as formigas podem migrar da propriedade dele para as lavouras dos vizinhos. É importante que os produtores se unam no combate a esta praga”, alerta. A época ideal para o controle é entre o final do inverno e o início da primavera.

Formigas se reproduzem rapidamente e controle requer ação conjunta

Ninho gigante à beira de rodovia no oeste do Paraná: perigo para lavouras

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Mais notícias
C.Vale

C.Vale – Cooperativa Agroindustrial
Av. Independência, 2347 | Palotina – PR
CEP: 85950-000 | Tel: 55 (44) 3649-8181

blz.com.br