C.Vale

Notícias

16/07/2012 | Inovação no campo

Oldair Alves constrói implementos para cultivo de mandioca

Ele não é cientista e nem engenheiro. Oldair Roberto Alves, 41 anos, é um produtor criativo que aproveita os conhecimentos adquiridos no campo e os coloca em prática para ampliar sua produção e renda. O “inventor”, que há 15 anos dedica-se à cultura da mandioca, conta que a necessidade de tecnologia o impulsionou a criar os equipamentos que utiliza no campo.
Na falta de um maquinário apropriado para fazer o manejo da mandioca, Alves,  proprietário de 35 hectares no ramal Luar, no distrito de Encantado D’Oeste, desenvolveu seis equipamentos. O primeiro deles foi uma plantadeira. Em 60 dias projetou e construiu um implemento diferenciado do que existia no mercado. “Assim que a plantadeira foi para o campo, consegui resultados bastante positivos”, comenta. Segundo Alves, os equipamentos economizam trabalho, minimizam as perdas e não danificam as lavouras. Entre os implementos construídos, tem uma máquina de corte de rama, uma roçadeira e um afofador. “Tudo que exigia mão de obra eu estudava e corria atrás. Não adianta esperar as coisas caírem do céu ou reclamar disso ou daquilo. É preciso ter determinação, usar a inteligência e tomar uma atitude”, conta o produtor que tem como formação o ensino fundamental e já participou de 22 cursos profissionalizantes. Todos os trabalhos de construção dos engenhos são feitos exclusivamente pelo produtor. “Tudo é feito na minha propriedade, desde o projeto, o processo de produção até os testes dos equipamentos.”
A última invenção do produtor se tornou um sucesso. Devido à agilidade nos trabalhos, a máquina de encher “big bag” (sacos grandes de lona) teve uma grande aceitação por parte dos demais produtores. Antes tudo era feito manualmente e exigia um grande número de trabalhadores. “Encontrei nestes maquinários uma maneira de diversificar e alavancar a cultura da mandioca na nossa comunidade. Hoje faço um trabalho de prestação de serviços em mais de 200 hectares”, diz o produtor, que é casado com Roselly e pai de Letícia Franco Alves.

PROJETOS FUTUROS
Os planos de Alves são ousados. Ele tem como meta mecanizar 95% da colheita da mandioca. Hoje, seus maquinários conseguem fazer 80% do serviço. “Espero também passar toda a produção dos equipamentos para uma empresa que possa produzí-los em escala comercial.” Para o ano que vem, Alves adianta que irá lançar um projeto inédito que beneficiará ainda mais as lavouras de mandioca da região.

Oldair Alves projetou e construiu implemento que facilita o carregamento de mandioca

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Mais notícias
C.Vale

C.Vale – Cooperativa Agroindustrial
Av. Independência, 2347 | Palotina – PR
CEP: 85950-000 | Tel: 55 (44) 3649-8181

blz.com.br