C.Vale

Notícias

21/05/2012 | Diversificação, receita para futuro mais promissor

Associados aproveitam alternativas para minimizar prejuízos causados pelo clima

Diferentemente de muitos países do Primeiro Mundo onde a renda dos produtores rurais é garantida por seguro, no Brasil esse instrumento ainda não saiu do papel. O Fundo de Catástrofe, que garantiria os recursos para eventuais indenizações, ainda precisa ser regulamentado. Assim, os problemas climáticos seguem como a principal ameaça à permanência do homem no campo. Nos últimos anos grandes quebras de safra castigaram produtores brasileiros, principalmente em 2005 e 2009, apenas para se ficar com os eventos climáticos mais expressivos. Mas se secas, chuvas excessivas ou geadas costumam impor sacrifícios, elas também fazem o produtor despertar para a necessidade de buscar soluções para minimizar a redução da renda. Muitos deles decidiram apostar na diversificação de atividades para manter seus rendimentos mais estáveis e não pôr em risco seus negócios. O presidente da C.Vale, Alfredo Lang, lembra que a agroindustrialização da cooperativa teve justamente esse objetivo. “Quando decidimos investir na construção de indústrias para agregar valor à produção dos nossos associados foi justamente para permitir que eles ampliassem seus rendimentos e não ficassem passando tantas dificuldades a cada frustração de safra. Hoje vemos com satisfação muitos de nossos associados não só amenizando os efeitos ruins do clima, mas até aumentando os seus ganhos com a diversificação. E o que nos deixa ainda mais realizados: estão construindo um futuro melhor para si e dando alegria aos pais”, interpreta Lang.

Família Packer incrementa renda com produção de mandioca


Ederson Packer: rentabilidade da mandioca é duas vezes superior à da soja

Cultivada em várias regiões brasileiras, a mandioca deixou de ser apenas uma importante opção na alimentação para se transformar em alternativa de emprego e de renda. A planta rústica já é cultivada por mais de 1.200 produtores na área de ação da C.Vale no oeste e noroeste do Paraná. Os irmãos Packer estão entre eles. A diversificação da propriedade em Vila Nice, município de Assis Chateaubriand, foi motivada por constantes frustrações de safra. “São três famílias dependendo da mesma fonte de renda. Sem a diversificação, a atividade já estava se tornando inviável”, explica Ederson, que administra, junto com o irmão Marcos, uma área de 70 alqueires arrendada pelo pai Norivaldo.
Ederson recorda que em 2000 a família começou cultivando apenas três alqueires de mandioca. Os resultados satisfatórios, ao longo dos anos, fizeram com que os irmãos transformassem a raiz em sua principal fonte de renda. “Dos 70 alqueires, 45 são destinados à mandioca”, revela. Mais resistente às estiagens que a soja e com baixo custo de produção, a raiz passou a dar estabilidade à renda da família. Em um alqueire são produzidas aproximadamente 110 toneladas de raiz, com um preço médio de R$ 210,00. “Com ciclo de dois anos, a rentabilidade da mandioca equivale à de duas safras da soja”, calcula Ederson. Ele explica que a rotatividade de cultura também ajuda na produtividade. Ao plantar soja na área da mandioca, o rendimento sobe mais de 10%, calcula.
A necessidade de pessoal para o plantio e arranquio da mandioca estimulou os irmãos Packer a investir em outro nicho de mercado, o de mão de obra especializada. Para atender à demanda da propriedade e prestar serviço a terceiros, eles compraram trator, um afofador e ainda mantém uma equipe para esse serviço durante o ano inteiro. “Geramos oportunidade de trabalho durante todo o ano para sete pessoas e ainda garantimos um incremento de 10% da nossa renda”, revela Ederson.
Após a diversificação, os irmãos não adquiriram mais terra, mas investiram na compra de maquinários, casas, apartamentos e ganharam em qualidade de vida. Um sinal de que a renda do campo nem sempre brota do solo. Algumas vezes cresce mesmo é sob a terra.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Mais notícias
C.Vale

C.Vale – Cooperativa Agroindustrial
Av. Independência, 2347 | Palotina – PR
CEP: 85950-000 | Tel: 55 (44) 3649-8181

blz.com.br